domingo, 2 de dezembro de 2018

Corretor de imóveis: como dominar seu cliente em até cinco minutos

Nós compramos por dois motivos: Por prazer ou pela dor. Na maioria das vezes, os profissionais trabalham para que o cliente sinta prazer na aquisição do produto.
                       

Comprando um sapato belo e confortável, contratando um coaching para projetar sua carreira de forma mais objetiva, procurando um nutricionista para conquistar um corpo mais definido. Todos os exemplos geram prazer, afinal quem não quer uma carreira bem-sucedida e o corpo em boa forma?
Agora, vamos projetar isso na venda de um imóvel. Você está vendendo um apartamento e expõe todos os benefícios que o cliente terá ao adquirir o imóvel.
No entanto, o sentimento a ser gerado no cliente não é prazer, mas sim a dor.
Oras, por que o cliente tem que sentir dor?
Calma, já explico.
A dor é ausência daquilo que o cliente sente ao não ter prazer.
Como você conquista seu cliente em cinco minutos? Descobrindo qual é a sua dor.
Vamos colocar em prática:
O cliente se interessa por um decorado com dois quartos, pois sua esposa está grávida, dizendo também que precisa de uma área de lazer para seu filho brincar.
Com esses dados em mãos, você, corretor, foca no prazer, expondo todas as qualidades do imóvel. Correto? Não! Essa não é a melhor forma de dominar o cliente.
Foque na dor
Esse mesmo cliente diz a você, corretor, que mora em um apartamento de apenas um quarto.
Retribua com seguinte pergunta:
Qual o impacto em sua vida de ter um filho morando em um apartamento de apenas um quarto? Será confortável? Você terá alguma área de lazer? Conquiste seu cliente descobrindo sua dor, no que ele perde em não ter aquele bem.
Seguindo esses passos o cliente será seu.
Vamos praticar?

Conheça alguns critérios para avaliar um imóvel


Avaliar um imóvel com a intenção de saber se vale a pena comprar ou vendê-lo não é uma tarefa fácil e existem algumas maneiras de estabelecer o preço de um imóvel levando em consideração aspectos técnicos e mercadológicos.


Neste texto vamos abordar os principais fatores que entram em jogo na hora de avaliar um imóvel. Assim, esperamos auxiliá-lo a entender como funciona a precificação de imóveis e fazer bons negócios. Mas lembre-se de consultar sempre que for fechar um negócio não deixe de consultar um profissional qualificado.

São diversos os critérios que influenciam o preço de um imóvel. Confira abaixo a lista com alguns deles:

A Localização do imóvel


Cada bairro possui um preço médio por metro quadrado do imóvel, com base em suas características e no perfil dos moradores. Mas também podemos encontrar diferentes valores dentro do mesmo bairro. Algumas ruas podem ser mais valorizadas que outras, devido a fatores como história do bairro, arborização, tranquilidade e serviços. Por outro lado, ruas com muito trânsito e poluição sonora tendem a ser bem menos valorizadas.

Além disso, a proximidade de vias de grande fluxo que facilitem a mobilidade e facilidade de acesso ao transporte público contam bastante na avaliação de um imóvel. 

A Idade do imóvel

Imóveis novos costumam custar mais do que aqueles que já foram ocupados pois na maioria das vezes não precisam de reparo e costumam ter opções de lazer. Já os imóveis antigos costumam ser mais amplos e espaçosos. Apesar desse diferencial, costumam valer menos porque, muitas vezes, necessitam de reparos e tendem a não ter tantas opções de lazer.

A Segurança do Imóvel

Com o aumento das taxas de criminalidade os itens de segurança e condomínios fechados tem sido cada vez mais procurados. Recursos como porteiros 24 horas, sistema de vigilância e monitoramento, cerca elétrica, alarme e portão automático aumentam consideravelmente o valor do imóvel. 

A Infraestrutura do condomínio
O valor de um imóvel aumenta consideravelmente se o condomínio contar com áreas de lazer como academia, piscina, salão de festas, espaço gourmet, churrasqueiras, jardim e playground. 

A Vaga na garagem

A vaga de garagem é fator muito importante para estabelecer o preço do imóvel. Pois hoje em dia é comum que as famílias tenham automóveis e na maioria das vezes mais de um, imóveis que oferecem somente uma vaga na garagem não são tão valorizados.

O Andar do imóvel

Quanto mais alto é o andar do imóvel mais valorizado é o apartamento. 

O Tamanho do imóvel

As famílias também estão menores e as transformações urbanas somado ao estilo de vida moderno têm influenciado o tamanho dos imóveis. Além disso cresce o número de pessoas que moram sozinhas, e por conta do pouco tempo para cuidar de um apartamento grande muitas pessoas preferem imóveis compactos e de fácil manutenção. Mesmo assim, muitos ainda buscam apartamentos antigos de olho principalmente em seu espaço amplo e preço mais vantajoso.

E você que tipo de imóvel esta buscando? Venha falar conosco.

Veja 6 motivos para investir em imóveis de luxo


1. Alugar e ter uma boa rentabilidade

2. Ter um imóvel de acordo com o seu estilo de vida

3. Evitar desvalorização

4. Desfrutar de maior segurança

5. Garantir localização estratégica

6. Contar com exclusividade

Tire suas dúvidas sobre como declarar um imóvel financiado no Imposto de Renda


Como declarar um imóvel financiado?

Como declarar o valor do imóvel financiado?

É necessário declarar um imóvel que ainda não tem escritura?

sábado, 24 de novembro de 2018

Você sabe como aumentar o seu patrimônio? Confira aqui!


Faça os melhores investimentos

Estabeleça prazos e metas

Diversifique seus rendimentos

Reduza o seu custo de vida

Acompanhe de forma constante e consistente

Mantenha o foco em como aumentar o patrimônio

Entenda como escolher o imóvel ideal para sua família


Organizar as finanças

Considerar as necessidades familiares

Pesquisar sobre os tipos de imóveis

Estudar a região do imóvel

Especular se o bairro pode valorizar ou depreciar

Fazer avaliação apurada do imóvel durante a visita

Tomar cuidado com a burocracia

Ter suporte de uma imobiliária

O momento certo de ensinar sobre finanças para adolescentes


O que você deve ensinar para os adolescentes sobre dinheiro?

1. Entender a diferença entre vontade e necessidade

2. Administrar o dinheiro

3. Usar o cartão de crédito com inteligência

4. Estimular o consumo consciente

5. Investir para obter maiores ganhos no futuro

Quais opções de investimento ensinar para o seu filho?

1. Mercado Imobiliário


2. Tesouro Direto

3. Letra de Crédito Imobiliário (LCI) / Letra de Crédito Agropecuário (LCA)

4. Mercado de startups

5. Mercado de ações